Passar para o Conteúdo Principal
Facebook Instagram Twitter Youtube Linkedin RSS
Logotipo CM Arcos de Valdevez

Irlandeses Aibréan integraram mais uma edição das Noites Intercélticas de Arcos de Valdevez

Aibrean5 1 1024 2500
21 Abril 2009

As Noites Intercélticas voltaram no passado sábado, dia 18 de Abril, à Casa das Artes dos Arcos de Valdevez, com o grupo irlandês Aibreán.

Foi com grande simpatia e à vontade perante o público que o grupo formado por quatro jovens músicos - Nicola Joyce (voz/bodhran), Andy Laking (contrabaixo), Damien Mullane (acordeão/melodeão) e Donogh Hennessy (Guitarra) - se apresentou em terras arcuenses e mostrou o porquê de ser considerado pela crítica como agente importante na renovação da música tradicional da Irlanda.

Durante cerca de uma hora o quarteto, que já se apresentou em locais como a Ópera de Sydney, o Festival Belgium's Dranouter ou o Ireland's National Concert Hall, encantou com o seu som e a voz melódica de Nicola Joyce, à qual foi impossível ficar-se indiferente.

Nicola Joyce, que ao longo da actuação se esforçou por pronunciar algumas palavras em português, é descendente de uma família de músicos, cresceu em Galway e aprendeu a tocar instrumentos e a cantar desde muito nova.

As suas influências são diversas e incluem personalidades como Dolores Keane, Tom Waits, Ella Fitzgerald ou Joni Mitchell e, além de integrar os Aibréan, também acompanha o grupo tradicional Gráda estando muito envolvida na cena do bluegrass americano.

O contrabaixista Andy Laking vem da Nova Zelândia e tem um background musical muito diversificado que inclui jazz, folk, música cigana e latina; participa regularmente em gravações de outros músicos e colabora com bandas como Gráda, Zoe Conway, Gerry O'Connor, Allan Kelly e muitos outros.

Já o jovem acordeonista Damien Mullane, responsável pelo som que mais se destaca nesta formação, é conhecido pelo seu estilo arrojado e enorme virtuosismo. Tocou com a maioria dos nomes maiores da música irlandesa e tem no seu currículo vários prémios; obteve particular sucesso na sua colaboração na Hibernian Rhapsody, Aibreande Frankie Gavin, e regressou há pouco duma digressão pelos EUA com a Dublin Philarmonic Orchestra.

Por último, Donogh Hennessy (guitarra) é considerado uma das figuras centrais da música tradicional irlandesa da actualidade, foi um dos mentores do celebrado grupo Lúnasa e um dos seus pilares durante oito anos.

A sua enorme qualidade foi já demarcada através da BBC que nomeou o seu mais recente disco como álbum folk do ano; no seu reportório já conta com actuações e gravações ao lado de músicos como Sharon Shannon, Frankie Gavin, John Spillane, Pauline Scanlon ou Roseanne Mackeenzie; é também muito requisitado como produtor.

Em suma, quatro elementos de grande qualidade que atestam a fama já alcançada por esta formação e que fizeram o Auditório da Casa das Artes arcuense encher com a beleza dos seus temas.

P4181406
P4181403
P4181398
P4181404
Município de Arcos de Valdevez
Top