Passar para o Conteúdo Principal
Facebook Instagram Twitter Youtube Linkedin RSS
Logotipo CM Arcos de Valdevez

CRAV demonstra capacidades para o escalão máximo do rugby nacional

Crav tecnico  1  1 1024 2500
24 Novembro 2010

O Crav iniciou mal partida, não conseguindo suster a pressão do adversário mais experiente que através de jogadas das suas linhas avançadas em jogadas a mão e de jogadas das suas linhas atrasadas ao pé demonstrando uma boa leitura de jogo. Fruto do domínio territorial conquistado, o Belenenses abriu o marcador através e um ensaio convertido (5+2 pontos), seguido de pontapé de penalidade convertido (3 pontos) nos minutos iniciais da partida.

O Crav consegui-o acertar a sua defesa, mas devido a alguns erros que demonstram alguma inexperiência, fatais no patamar mais elevado do rugby português, os quais permitiram ao adversário aumentar a contagem através de ensaio convertido (5+2 pontos). A resposta do Crav surgiu, conseguindo empurrar o seu adversário para o seu meio terreno nos últimos 10 minutos da 1ª parte, onde teve algumas situações para pontuar, conseguindo obter 3 pontos através de um pontapé de penalidade, tendo algumas das decisões do árbitro da partida sido muito contestadas pelos minhotos.

Com o intervalo o Crav iniciou a segunda metade com muita determinação parecendo surpreender os lisboetas, que na defesa foram vendo ser-lhes assinaladas faltas consecutivas, numa das quais o juiz da partida sancionou com ensaio de penalidade pela sucessão de faltas (5+2 pontos), o pontapé de conversão é no meio dos postes.

Com o jogo equilibrado pelo Crav e com poucos minutos para jogar, o Crav no final viria a sofrer novo ensaio convertido (5+2 pontos) e pontapé de penalidade (3 pontos), respondendo o Crav materializando em pontos as suas acções ofensivas, com a obtenção de ensaio convertido (5+2 pontos), fixando o resultado final (15-27).

O resultado demonstra o equilíbrio entre as equipas e aumento de competitividade entre todas as 8 equipas.

No próximo domingo dia 28 de Novembro, pelas 15h30, o Crav desloca-se ao terreno de um dos adversários directos na luta pela manutenção no escalão máximo do rugby nacional - Divisão de Honra, o RC Técnico.

Esta partida é de vital importância para as aspirações do Crav, o único representante do Minho e do Norte do País nesta competição.

* Nota da responsabilidade do Clube

Município de Arcos de Valdevez
Top