Passar para o Conteúdo Principal
Facebook Instagram Twitter Google Youtube Linkedin RSS
Logotipo CM Arcos de Valdevez

Oficinas de criatividade Himalaya / Arcos de Valdevez

barra_feder_1_1500_2500_1_1024_2500

Designação do projeto |  Oficinas de Criatividade Himalaya / Arcos de Valdevez

Código do projeto | NORTE-04-2316-FEDER-000123

Objetivo principal | Promover a qualidade ambiental, urbanística e paisagística dos centros urbanos de nível hierárquico superior enquanto fator de estruturação territorial, de bem-estar social e de competitividade regional

Região da Intervenção |  NUT III Minho-Lima

Entidade Beneficiária | Município de Arcos de Valdevez

Data de aprovação | 24/10/2017

Data de início | 02/01/2018

Data de conclusão | 30/07/2019

Custo total elegível | 1.398.357,53 EUR

Apoio financeiro da União Europeia | FEDER – 1.118.603,90 EUR

Apoio financeiro público nacional/regional | 448.132,07 EUR

Objetivos, atividades e resultados esperados/atingidos | O projeto de “Oficinas de Criatividade Himalaya” consiste na reabilitação integral de um edifício existente propriedade do Município e localizado em pleno centro urbano de Arcos de Valdevez, incluindo a sua reconversão funcional e revitalização.

Especificando, relativamente ao objetivo da operação, a mesma pretende criar um novo equipamento cultural, científico e pedagógico dedicado à figura e legado de um dos maiores cientistas e visionários portugueses da viragem do século XIX, conhecido por Padre Manuel Himalaya (Manuel António Gomes), nascido em Arcos de Valdevez, e aí sepultado.

Sintetizando, com a presente intervenção, pretende-se:

  1. Reabilitar o edifício público da antiga Escola e requalificar os espaços abertos envolventes, por forma a promover a revitalização física, económica, ambiental e social deste equipamento público de utilização coletiva;
  2. Dinamizar a articulação entre o património cultural e natural através da qualificação do edifício e área envolvente, tendo como referência a visão holística da paisagem, em que os sítios de interesse paisagístico adquirem uma projeção mais ampla que permite promover a sua divulgação e conservação;
  3. Promover a atratividade económica e fomentar a captação de residentes, visitantes e turistas através de atividades culturais e de lazer, bem como de atividades associadas ao Turismo científico e pedagógico e tendo como objeto o legado do Padre Himalaya (e.g. dirigidas à comunidade escolar);
  4. Promover a internacionalização do território e património do concelho, desenvolvendo e posicionando uma marca territorial forte, através da criação de espaços dedicados ao conhecimento e contributos do Padre Himalaya para a Ciência. 
Top