Passar para o Conteúdo Principal
Facebook Instagram Twitter Youtube Linkedin RSS
Logotipo CM Arcos de Valdevez

Tasca do Delfim

Tasca do Delfim

TASCA DO DELFIM

O Folclore, as festas e romarias do Alto Minho, especialmente na zona da Ribeira-Lima, continuam a dispor, como elementos valiosos de especial animação, dos tradicionais cantores de música popular, os inspirados cantadores ao desafio.
Presentemente, Delfim Amorim continua na sua fulgurante carreira ascensional, situando-se, indiscutivelmente, entre os mais afamados cantadores de todo o Alto-Minho. Percorrendo o país, ou chamado muitas vezes a outros países (Espanha, Alemanha, Brasil, Venezuela, EUA, entre outros), muito o Delfim tem dignificado a sua terra e prestigiado Portugal.

Delfim Pereiras Amorim, nasceu na freguesia de Jolda S. Paio, concelho de Arcos de Valdevez. Apaixonado pelas concertinas, iniciou os primeiros toques aos 3 anos de idade, quando o seu pai lhe trouxe uma concertina dos Estados Unidos da América.
Tocava concertina numa fábrica de Serração, Engenho de Linho e Moinho, localizada junto ao Rio Lima em Jolda S. Paio, ainda hoje pertença da família. A 20 de Setembro de 1970, foi vencedor do 1º Prémio de Cantadores ao Desafio integrado nas “Feiras Novas de Ponte de Lima”, sendo este o 1º Concurso Nacional de Cantadores ao Desafio.

Delfim Amorim é coleccionador de concertinas, contando na sua colecção com cerca de 90 concertinas, todas elas de diferentes países. Cada concertina tem diferentes tons, que vão de 1 a 12, incorporando sete principais e 5 sustenidos.
As concertinas estão expostas na “Tasca”, que se encontra decorada com objectos simbólicos de diferentes regiões e países. Nas paredes encontram-se afixadas fotografias de personalidades que visitaram a Tasca do Delfim, como Amália Rodrigues, Jorge Sampaio (ex Presidente da República), entre outros, bem como de visitantes e frequentadores, mais ou menos anónimos, que ali prestaram o seu contributo musical. Delfim Amorim toca todos os tipos de concertina, tal como canta ao desafio todas as músicas típicas do nosso e de outros países; da região alto-minhota, interpreta as tradicionais Cana Verde, O Vira e a Chula.
O seu currículo profissional conta já com mais de 40 cassetes, 40 discos e 2 CD’s, gravados integralmente com músicas da sua autoria, sendo o seu último trabalho gravado no Brasil. A nível de espectáculos nacionais percorreu o País de Norte a Sul, bem como o estrangeiro, com destaque para Espanha, França, Alemanha, Suiça, Bélgica, Luxemburgo, Estados Unidos da América, Canadá, Venezuela e Brasil. Delfim Amorim é igualmente acompanhado nos toques da concertina, bem como nos cantares ao desafio, pelos seus filhos, Carminda e Delfim, ambos dedicados à tão nobre área musical,

A “Tasca do Delfim” é um elemento único no Alto-Minho. Qualquer pessoa pode chegar, tocar concertina, cantar ao desafio, tudo acompanhado por uns copos de bom Vinho Verde, e uma alegria sã de viver e celebrar!

Rua da Praça, nº 45
4970 – 447 Arcos de Valdevez

Latitude: 41.84612961
Longitude: -8.41866821

Top