Passar para o Conteúdo Principal
Facebook Instagram Twitter Youtube Linkedin RSS
Logotipo CM Arcos de Valdevez

MAIOR ORÇAMENTO MUNICIPAL DA ÚLTIMA DÉCADA

23 Novembro 2023

 

MAIS APOIO ÀS PESSOAS, INSTITUIÇÕES E ECONOMIA E REFORÇO DO INVESTIMENTO

O Município de Arcos de Valdevez aprovou, para 2024, o maior Orçamento Municipal da última década, com um valor de cerca de 36,5 milhões de euros.

Com um maior envolvimento e proximidade às entidades e aos arcuenses, ambicionamos mais qualidade de vida e melhores oportunidades para as gerações atuais e futuras.

Este é um Orçamento em que reforçaremos o apoio às pessoas, às instituições e à economia.

Pretendemos reforçar a política de incentivos económicos e fiscais amiga das famílias e das empresas.

Será reforçada a parceria entre a Câmara Municipal, as Juntas de Freguesia, as instituições e as associações.

Serão aumentados os investimentos em projetos estruturantes para o desenvolvimento sustentável de todo o concelho de Arcos de Valdevez.

No Desempenho Orçamental, destacamos a redução da dívida à banca, o cumprimento da regra de equilíbrio orçamental e uma gestão económica e eficiente dos recursos financeiros disponíveis.

O ano 2024 ficará marcado pela concretização de investimentos municipais por todo o concelho nas mais variadas áreas e pelo reforço dos protocolos de apoio a todas as Juntas de Freguesia.

As Grandes Opções do Plano têm previsto um valor de investimento de 24,2 milhões de euros, o maior investimento dos últimos anos nas Funções Sociais, com um valor de 13,8 milhões de euros, seguindo-se as Funções Económicas, com 6,9 milhões de euros, a parceria com as Juntas de Freguesia, com 2,4 milhões de euros e as Funções Gerais, com 1,1 milhões de euros.

Na educação e conhecimento será realizado investimento na modernização dos edifícios e equipamentos escolares e na ação social escolar, bem como no apoio ao ensino superior. Irá avançar a ampliação da creche de Padreiro.

Na saúde e bem-estar será reforçada a parceria e apoiadas as obras de requalificação e melhoria das unidades de cuidados de saúde primários no concelho.

Na coesão social e habitação a Autarquia incrementa o apoio social às pessoas com dificuldades. Avançaremos com a construção de habitações sociais em Guilhadeses, Parada e Souto e pretendemos construir habitações a custos controlados, em Vilafonche.

A Câmara Municipal apoiará as obras de melhoria e conforto habitacional de pessoas desfavorecidas, as rendas e a aquisição, reabilitação e construção de habitação, nomeadamente dos jovens.

Na cultura, desporto e lazer a Autarquia continuará a investir na requalificação e modernização dos espaços culturais e desportivos municipais e a apoiar a atividade do movimento associativo do concelho. Depois de concluídos os campos de Ténis e Padel, continuaremos a investir na 3ª fase da Zona Desportiva.

No urbanismo e mobilidade sustentável serão requalificados diversos espaços públicos pelo concelho. Avançaremos com os projetos de melhoria da acessibilidade de pessoas com dificuldades. Iremos beneficiar a EN 101 em Paçô e a EN 303, em Vilafonche. Será reforçado o investimento na expansão da rede de fibra ótica e da rede de wifi no concelho.

No valorização e sustentabilidade ambiental será realizado investimento nas redes de abastecimento de água e de saneamento, recolha de resíduos, iluminação pública e eficiência energética. Pretendemos continuar a investir na valorização do PNPG e no projeto da Branda Científica de S. Bento do Cando.

No desenvolvimento económico e inovação, o Município vai investir no alargamento e qualificação dos parques empresariais e apoiar o Centro de Tecnologia e Inovação, o Centro de Incubação e o Centro de Formação.

No setor rural, comercial e empresarial está previsto dar continuidade a um conjunto de programas de apoio ao investimento e à dinamização da economia, dos quais o “INVESTARCOS”, o “PROCOM” e o “VALORIZAR” - Produtores e os Produtos Locais. A Autarquia pretende avançar com o projeto da Quinta Ciência Viva / Centro de Inovação Rural no Centro de Formação de Monte Redondo.

No turismo sustentável a Autarquia vai avançar com a obra da Ecovia de Paçô a S. Jorge e Ermelo. Será realizado investimento na valorização do Território Oeste do Concelho e na melhoria de trilhos, miradouros e outros espaços de visitação pelo concelho.

Na proteção civil e segurança serão investidas verbas em diversas atividades e infraestruturas e reforçada a melhoria do Centro de Meios Aéreos.

 Na governação de proximidade será realizado investimento na modernização e transição digital dos serviços municipais. Continuaremos a dinamizar o Gabinete Municipal de Apoio ao Emigrante/Imigrante e a intensificar o relacionamento com as nossas comunidades de emigrantes.

Segundo o Edil João Manuel Esteves “A Câmara Municipal pretende com a execução deste Orçamento, continuar a construir um concelho mais inclusivo, inovador, atrativo e sustentável para viver, trabalhar, investir e visitar.”

 

Município de Arcos de Valdevez
Top