Passar para o Conteúdo Principal
Facebook Instagram Twitter Youtube Linkedin RSS
Logotipo CM Arcos de Valdevez

Pressplay e Hot Pink Abuse subiram ao palco do Auditório da Casa das Artes arcuense

P2148529 1 1024 2500
16 Fevereiro 2009

Na passada sexta-feira, dia 13 de Fevereiro, o Auditório da Casa das Artes arcuense recebeu duas bandas portuguesas recentemente lançadas no mundo musical.
As primeiras a pisar o palco foram as Pressplay. Um grupo composto pela Playgirl (vocalista e guitarrista) e por Lisa (vocalista e "menina das máquinas").

Assumindo que "com a sua música não têm a intenção de passar qualquer mensagem, que não passam meses a escrever as suas letras, que são espontâneas e que por vezes, em palco, até as chegam a modificar", as Pressplay têm como principais influências bandas como os Peaches, Pj Harvey, Tsunamiz e Atari Teenage Riot. OPressplay que faz com que exista, no grupo, uma mistura de Rock, de alternativo de gótico e industrial que resulta num estilo electro minimalista bastante poderoso.

Este foi o primeiro concerto que a banda deu depois de ter gravado o seu primeiro disco "Playloud" em Janeiro e que tem o seu lançamento apontado para Abril. Segundo a vocalista, Playgirl, este é um trabalho que "não tem directamente a ver com nada e é um pouco de tudo, pois cada composição é diferente".

Acerca da sua actuação, o grupo referiu a "boa qualidade do Auditório devido às excelentes condições acústicas que apresenta" e o facto de ter sido "a primeira vez que actuaram com o público sentado, o que proporcionou um ambiente bastante intimista e diferente daquele a que estavam habituadas".

Os Hot Pink Abuse, formados pelos elementos Vítor J. Moreira, Geraldo Eanes e Miss Tish, entraram logo de seguida. Estão juntos há cerca de um ano e encontram-se a fazer a promoção do seu primeiro trabalho discográfico, "Nowadays".

O álbum de estreia da banda é composto por 10 temas e segundo a voz do grupo e autora das letras das músicas, Miss Tish, "Nowadays" trata-se de "um álbum com letras simples, que fala de temas recorrentes como os encontros e desencontros, as histórias deHot Pink Abuse amor e ritmos de vida, sendo algumas mais eróticas e mais arrojadas que outras".

Os Hot Pink Abuse fizeram um balanço bastante positivo da sua "prestação nos Arcos de Valdevez porque o público foi sempre bastante caloroso, simpático e reagiu muito bem ao som da sua música pop electrónica cheia de glamour e sussurros, ora tímida, ora agitada".

Encontrando-se a fazer a agenda de próximos concertos, o trio já pisou os palcos das Fnac´s do Norte e seguem agora para as do Centro e Sul do país. A par disso, têm marcado para o dia 7 de Março, um espectáculo em Esposende.

P2148542
P2148593
P2148543
Município de Arcos de Valdevez
Top