Passar para o Conteúdo Principal
Facebook Instagram Twitter Youtube Linkedin RSS
Logotipo CM Arcos de Valdevez

Num concerto de abertura da 7ª Mostra de Música Moderna, “Sons De Vez”, “Deolinda” encheram Auditório da Casa das Artes de Arcos de Valdevez

P2078280 1 1024 2500
09 Fevereiro 2009

Foi com um "Boa noite! Mal por mal, nós somos os Deolinda" que Ana Bacalhau, vocalista do grupo "Deolinda", deu início a uma actuação cheia de vida e interacção com o público, em Arcos de Valdevez.

Com um estilo muito próprio, divertidos e descontraídos proporcionaram, ao público arcuense, um espectáculo de cerca de uma hora e meia, no qual deram a conhecer o seu álbum de estreia "Canção ao Lado". Um álbum com catorze temas de originais que, segundo os elementos do grupo, "é feito de histórias e, no fundo, se personaliza um pouco em cada um de nós, portugueses, porque relata as experiências populares dos bailaricos, dos amores e vivências correntes do dia-a-dia".

Num Auditório descrito por Ana Bacalhau como "espectacular e comDeolinda muito boa acústica", e, assumindo que foi um "óptimo concerto no qual o público esteve sempre do seu lado", o público vibrou com os "Deolinda", acompanhando o quarteto em todas as músicas.

Apresentando um Fado dançante, alegre e colorido, os "Deolinda" contrariam todos os clichés a ele associados, provando que Fado não Deolindatem de ser triste, fatalista e compenetrado. A voz do grupo acrescentou mesmo, que "o feedback do público tem sido surpreendente". "As salas estão sempre cheias e cada vez se ouve mais portugueses a cantar" as canções do quarteto, o que prova que esta nova "cara" do Fado tem sido muito bem aceite.

Sendo já disco de platina e um exemplo de sucesso, "Canção ao Lado" tem contado com actuações um pouco por todo o país e começará, já esta semana, a ser tocado em palcos de toda a Europa.

P2078229
P2078281
P2078275
Município de Arcos de Valdevez
Top