Passar para o Conteúdo Principal
Facebook Instagram Twitter Youtube Linkedin RSS
Logotipo CM Arcos de Valdevez

Condições Meteorológicas Adversas - Precipitação e Vento Forte

Condições Meteorológicas Adversas - Precipitação e Vento Forte
20 Dezembro 2010

O Serviço Municipal de Protecção Civil informa que o estado do tempo no território de Portugal Continental, pelo menos até ao final do dia 21/12 (terça-feira), será influenciado por uma depressão à qual estarão associadas várias linhas de instabilidades. Esta situação começará a influenciar fortemente as condições meteorológicas já a partir do início da tarde de hoje (20/12). 

  • Entre 22 e 23 de Dezembro: ocorrência de precipitação fraca. Descida significativa das temperaturas. Possibilidade de queda de neve, em cotas provavelmente abaixo dos 600 metros, na noite de 22 para 23/12, em especial no interior da Região Norte incluindo as zonas montanhosas do Gerês e Marão e da Região Centro (distritos de Bragança, Viseu, Guarda e castelo Branco);
  • De 23 a 24 de Dezembro: continuação dos dias muito frios;
  • De 24 a 28 de Dezembro: precipitação fraca mas persistente, em especial nas Regiões do Litoral Norte e Centro, a partir da tarde de 24/12.  

Efeitos Expectáveis:

  • Piso rodoviário escorregadio e eventual formação de lençóis de água;
  • Possibilidade de cheias rápidas em meio urbano, por acumulação de águas pluviais ou insuficiência dos sistemas de drenagem;
  • Danos em estruturas montadas ou suspensas

Medidas de auto protecção:

  • A população deverá prestar especial atenção às Informações do Instituto de Meteorologia e Indicações da Protecção Civil e Forças de Segurança, mantendo-se atentos à situação;
  • À desobstrução dos sistemas de escoamento das águas pluviais e retirada de inertes e outros objectos que possam ser arrastados ou criem obstáculo ao livre escoamento das águas;
  •  A adopção de uma condução defensiva, reduzindo a velocidade e tendo especial cuidado com a possível formação de lençóis de água nas vias ou com a redução de visibilidade;
  • Ao não atravessamento de zonas inundadas, de modo a precaver o arrastamento de pessoas ou viaturas para buracos no pavimento ou caixas de esgoto abertas;
  • À adequada fixação de estruturas soltas, nomeadamente andaimes placards e outras estruturas suspensas;
  • Aos cuidados a ter com o aquecimento do lar, nomeadamente, a importante e adequada ventilação quando se utiliza braseiras ou, no caso de lareiras, a utilização de um resguardo próprio para evitar que qualquer faúlha salte para o exterior.
Município de Arcos de Valdevez
Top