Passar para o Conteúdo Principal
Facebook Instagram Twitter Youtube Linkedin RSS
Logotipo CM Arcos de Valdevez

Teixeira de Queiroz homenageado em colóquio

Teixeira de Queiroz homenageado em colóquio
image title
image title
image title
image title
image title
image title
21 Maio 2019

 

Literatura, Medicina e Cidadania foram as temáticas abordadas

Por ocasião do primeiro centenário da morte de Francisco Teixeira de Queiroz, natural de Arcos de Valdevez, o Município de Arcos de Valdevez encontra-se a levar a efeito até dezembro, um vasto programa cultural em torno do escritor, falecido em 1919, que conhecerá diversos momentos, incluindo a reedição da Obra de Teixeira de Queiroz, e de diversos originais, em parceria com a INCM.

Despois de na Semana da Leitura os alunos do Agrupamento se terem debruçado neste autor realizou-se agora um segundo momento com o Colóquio Teixeira de Queiroz (1919-2019): Literatura, Medicina e Cidadania, o qual homenageou um autor cuja personalidade multifacetada se expressou com brilho nas Letras e na Medicina, entre muitas outras áreas da sua intervenção. Este vulto marcante da sociedade portuguesa de finais do século XIX e inícios do século XX, que chegou a utilizar o pseudónimo literário de Bento Moreno, foi autor de duas importantes séries de romances que fixaram de modo inesquecível a experiência portuguesa finissecular: a Comédia do Campo e a Comédia Burguesa. Estas duas séries romanescas constituem o exemplo português mais notável da ambição literária em representar a totalidade da vida de uma sociedade, revelando estima pelos modelos distantes de um Balzac ou de um Zola.

Este colóquio reuniu cerca de 15 palestrantes de diversas Universidades nacionais, entre eles a Ex Ministra da Cultura e Professora Catedrática Isabel Pires de Lima ou o Neurologista, Professor, Alexandre Castro Caldas, bem como um número significativo de convidados e entusiastas de Teixeira de Queiroz.

João Manuel Esteves, presidente da Câmara Municipal, enalteceu a realização deste colóquio que permitiu trazer ao de cima muitas das características da escrita deste autor arcuense. Para o autarca, e porque o amor à terra minhota fez com que as obras de Teixeira de Queiroz, sobretudo as da Comédia do Campo, sejam uma fonte muito rica de conhecimento oitocentista, é importante dar a conhecer mais aprofundadamente este escritor às gerações mais novas, pois foi um homem inovador e sempre à frente em tudo o que fez, sendo possível a partir dele “promover a Cultura, a Ciência e a nossa identidade cultural, bem como aquilo que é nosso”.

  

Próximos momentos do Programa do Centenário

da Morte de Teixeira de Queiroz

(1919-2019)

 

20 de Junho

- Apresentação do livro “Família de Teixeira de Queiroz- Casa de Cortinhas”, da autoria e edição de Luís Teixeira de Queiroz Pinto; Paço de Giela

 

11 de Julho

- Descerramento de placa de Homenagem ao escritor Teixeira de Queiroz; Casa de Cortinhas

 

27 de Julho

- Apresentação do livro “Teixeira de Queiroz- Uma Casa em Construção”, da autoria e edição de Pedro Castro Caldas; Paço de Giela

 

Outubro

- Ações de promoção e esclarecimento junto do público escolar sobre o Concurso Literário “Teixeira de Queiroz”; Estabelecimentos de Ensino concelhios

 

Novembro

- Apresentação do volume da obra “Comédia do Campo”, de Teixeira de Queiroz; edição da Imprensa Nacional Casa da Moeda e do Município de Arcos de Valdevez. Arcos de Valdevez (Auditório da Casa das Artes) e Lisboa (Academia das Ciências).

 

16 de Novembro

- Inauguração da Bienal de Arte “D’Art Vez 2019”, sob o tema Teixeira de Queiroz e a sua época; apresentação dos vencedores do concursoCria um Ex-libris”; Casa das Artes

 

23 de Novembro

- Estreia da peça de teatro/musical de Teixeira de Queiroz “O Grande Homem”, pelo GTV- Grupo de Teatro do Vez; Auditório da Casa das Artes.

 

 

NOTA: em 2020 e 2021, respetivamente, serão apresentados os volumes “Comédia Burguesa” e “Vária/Obra Dispersa” (edição INCM/Município de Arcos de Valdevez)

 

Top