Passar para o Conteúdo Principal
Facebook Instagram Twitter Youtube Linkedin RSS
Logotipo CM Arcos de Valdevez

Ministro da Economia em Arcos de Valdevez

Visita ministro da economia 1 1024 2500
Visita ministro da economia2 1 1024 2500
Visita ministro da economia4 1 1024 2500
Visita ministro da economia5 1 1024 2500
Visita ministro da economia6 1 1024 2500
Visita ministro da economia3 1 1024 2500
22 Janeiro 2019

O Ministro-adjunto e da Economia, Dr. Pedro Siza esteve na Incubo, onde o Presidente da Câmara Municipal, João Esteves, deu a conhecer o trabalho realizado ao nível do desenvolvimento económico e atração de investimento para o concelho, elencando as várias vantagens de se investir neste território.

 

O autarca adiantou estar prevista uma ampliação dos Parques Empresariais existentes, no montante de 1,2 M€, e que nos últimos 3 anos foram realizados, e estão ainda em curso, investimentos de 47 milhões de euros, realizados por 23 empresas que geraram mais 550 postos de trabalho.

João Esteves também referiu a importância dos produtos locais e do Turismo para a economia local, adiantando que houve um acréscimo de dormidas em 14,3%, neste território que é considerado pela Trivago um dos principais destinos Emergentes em Turismo de Natureza.

Para João Esteves existem várias vantagens em regressar ao concelho ou querer investir, nomeadamente por ter um custo de vida inferior ao dos grandes Centros Urbanos; ter taxas de IRS, IRC, IMI e IMT reduzidas; haver isenção de Derrama e existir majoração nas taxas de incentivo ao investimento no Portugal 2020.

Por fim, solicitou o empenho e apoio do Governo para a execução:

a)      Da ligação do IC 28 ao Parque Empresarial de Mogueiras, a melhoria da Ligação do IC 28 à Fronteira da Madalena e a redução das portagens na A3

b)      Um apoio mais efetivo à fixação, à atração e ao regresso de pessoas, nomeadamente da diáspora, bem como incentivos à natalidade e ao emprego.

c)       Uma diferenciação e simplificação dos incentivos ao investimento na Indústria 4.0; no apoio ao comércio em espaço rural; e à Incubação Industrial, bem como o reforço na área do Turismo do Programa Valorizar.

d)      Para atrair talento, solicitou o reforço da Formação e Reconversão Profissional de acordo com a procura das empresas e a desconcentração do Ensino Superior e Administração Central.

Já o Ministro-adjunto e da Economia, Dr. Pedro Siza Vieira, fez questão de salientar o seu conhecimento do território, tanto ao nível das potencialidades turísticas como empresariais e deixou a certeza de que estas solicitações não estão esquecidas e que o Governo tem a perfeita consciência de que é necessário continuar a proporcionar às pessoas as melhores condições de vida e empregabilidade, sendo importante garantir condições para voltarem ao País.

Top