Passar para o Conteúdo Principal
Facebook Instagram Twitter Youtube Linkedin RSS
Logotipo CM Arcos de Valdevez

Touch Rugby invade Arcos de Valdevez

Touch Rugby invade Arcos de Valdevez
image title
image title
image title
image title
image title
image title
image title
image title
image title
image title
image title
02 Julho 2018


SUL AFRICANOS VENCEM O TORNEIO. AGRÁRIA DE COIMBRA CAMPEÃ NACIONAL


A quarta edição do Arcos Touch, realizada no passado dia 23 de Junho, em Arcos de Valdevez,  teve alguns aliciantes particulares. Desde logo porque era a ultima jornada do Circuito Nacional de Touch Rugby (depois de Coimbra e Lisboa) e atribuiria o Titulo de Campeão Nacional de Touch Rugby. Por outro lado, contava com a presença de cinco equipas estrangeiras, que aumentaram o nível competitivo do Torneio.
Este ano o Torneio teve um recorde de 16 equipas participantes. Às cinco equipas estrangeiras (Africa do Sul, Inglaterra e França) juntaram-se 4 equipas de Lisboa (Técnico, São Miguel, CDUL e Benfica), duas de Coimbra (Escola Agrária / Crédito Agricola), Lousã (Rugby Clube da Lousã), GDM ElectroMoitense (Anadia), Porto (Porto Touch), uma equipa de convidados (Portugal Mix) e claro está a equipa da casa, CRAV Saforelle.
A equipa da Escola Superior Agrária de Coimbra, confirmou em Arcos de Valdevez o primeiro lugar, que trazia desde a primeira jornada, e sagrou-se no 1º Campeão Nacional de Touch Rugby.
A equipa do Técnico Touch (Lisboa) e a equipa do GDM Electromoitense (Anadia) classificaram-se respectivamente na 2ª e 3ª Posição, no somatório das 3 jornadas realizadas (Lisboa, Coimbra e Arcos de Valdevez).
A equipa de Arcos de Valdevez (CRAV Saforelle) viria a ser eliminada nos Quartos-de-final pelos Campeões Nacionais, num emotivo jogo (5-4). Com este resultado o CRAV conquistou, no Circuito Nacional, o 6º lugar.
A final do Torneio viria a ser disputada entre os Sul Africanos do Safo Shufflers, e os Franceses do Tullins. Numa final épica que viria a ser decidida em prolongamento, tendo os Sul-africanos vencido o Torneio.
O prémio para o MVP masculino seria atribuído a um atleta da equipa francesa do Tullins Touch, enquanto que, o prémio para a MVP Feminino ficou em Portugal, sendo atribuído à Capitã do GDM Electromoitense.
A cerimónia de atribuição de prémios (do Torneio e Campeonato Nacional) contou com a presença de diversas individualidades: da FIT (Federation of International Touch), o Presidente Erick Acker; da EFT (European of Federation of Touch), a Secretary General, Linda Acker .
Arcos de Valdevez esteve representado pelo Presidente da Autarquia, Dr. João Manuel Esteves; pela Vereadora Responsável pelo Pelouro do Desporto, Dra. Emilia Cerdeira e pelo Vereador Sr. Nelson Fernandes e ainda pelo Presidente da Junta de Salvador, Vila Fonche e Parada, Sr. Rui Aguiam e claro está, pelos Presidentes dos Clubes Locais: CR Garranos, Sr. Paulo Gameiro e Presidente do CRAV, Dr. Fernando Manso.
Mas o ArcosTouch é muito mais que um torneio desportivo. O objectivo da organização do evento é o de preparar um programa que permita aos cerca de 500 visitantes, conhecer a região e disfrutar da gastronomia, hotelaria e visitar o comércio local; num cenário de beleza natural de Arcos de Valdevez, num fim-de-semana das festividades de São João.
Estas características fazem do ArcosTouch um Torneio de referência a nível internacional.

Top