Passar para o Conteúdo Principal
Facebook Instagram Twitter Youtube Linkedin RSS
Logotipo CM Arcos de Valdevez

Câmara Municipal presente na apresentação do projeto GERÊS - XURÉS - DINÂMICO

Protocolos montalegre   c pia 1 1024 2500
24 Novembro 2017

Na passada sexta-feira, dia 17 de novembro foi apresentado publicamente o Projeto Europeu de Dinamização da Reserva da Biosfera Transfronteiriça Gerês-Xurés, financiado pelo Programa Operacional de Cooperação Transfronteiriça Espanha-Portugal (POCTEP), no Pazo de Vilamarín, em Ourense.

O Presidente da Câmara João Manuel Esteves participou no evento de apresentação do projeto Gêres_Xures_Dinamico em representação da administração do ADERE - PG. De igual modo estiveram presentes no ato de abertura a Senhora vice-presidente da CCDR-N, Ester Gomes da Silva, o Presidente da Deputación de Ourense, José Manuel Baltar Blanco, o vice-presidente do TPNP, Jorge Magalhães, e o coordenador do projeto, a diretora geral de Património Natural da Xunta da Galiza, Ana María Díaz López.

Nesta ocasião João Manuel Esteves, aproveitou para referir que com este projeto se pretende criar o equilíbrio entre as pessoas e a natureza como forma de tributo aos nossos antepassados pois, foi esta a sua herança e, como tal devemos fazer tudo o que estiver ao nosso alcance para o transmitir aos vindouros.

Este projeto nasceu com o objetivo de fortalecer a identidade desta Reserva da Biosfera Transfronteira através do seu desenvolvimento económico e turístico sustentável e da proteção e conservação do seu património natural e cultural.

O território da Reserva da Biosfera Transfronteiriça Gerês-Xurés abrange as áreas correspondentes ao Parque Nacional da Peneda Gerês, no Norte de Portugal, e o Parque Natural da Baixa Limia-Serra do Xúres, na Galiza.

Com um orçamento de cerca de 2 milhões de euros e duração prevista até 31 de dezembro de 2019, o projeto conta com a participação, na qualidade de beneficiários, das seguintes entidades: Direção Geral de Património Natural (Conselheria de Ambiente da Xunta da Galiza), Agência de Turismo da Galiza, Deputación de Ourense, Instituto de Conservação da Natureza e Florestas, Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional - Norte, Turismo do Porto e Norte de Portugal, ADERE - Peneda Gerês e ARDAL bem como dos municípios de Arcos de Valdevez, Melgaço, Ponte da Barca, Terras de Bouro e Montalegre.

Este projeto espera conseguir: melhorar a qualidade de vida da população local, aumentar a atratividade turística, económica e demográfica do território em questão, melhorar a qualidade dos serviços e produtos endógenos comercializados, melhorar o conhecimento sobre a Reserva da Biosfera Transfronteiriça Gerês-Xurés por parte da comunidade local (a nível regional, nacional e internacional), melhorar o estado de conservação e proteção do rico e vasto património natural e cultural associado à reserva, melhorar as condições de acessibilidade, sinalização e ambientais deste espaço classificado e, ainda, contribuir para a harmonização dos instrumentos de planeamento e ordenamento territorial que atualmente regulam este território.

O Presidente da Câmara considerou este projeto muito importante para que as "gentes que nasceram na Reserva da Biosfera" se fixem ou regressem, desafiando ainda o programa INTERREG V - A, para o financiamento de mais projetos deste tipo ou outros que "façam sentir que o nosso território tem oportunidade para criar riqueza".

Top