Passar para o Conteúdo Principal
Facebook Instagram Twitter Youtube Linkedin RSS
Logotipo CM Arcos de Valdevez

Acontece no Parque

Acontece no parque 1 1024 2500
13 Outubro 2017

Com o objetivo de promover os produtos endógenos do Parque Nacional Peneda Gerês, as artes e ofícios tradicionais e a cultura local, a Porta do Mezio em Arcos de Valdevez, uma das cinco portas de entrada no Parque Nacional Peneda Gerês, vai promover um ciclo de eventos onde a gastronomia autóctone merece um destaque muito especial.

O visitante tem agora a oportunidade de conhecer melhor a Broa de milho, o feijão tarreste, a laranja de Ermelo ou a carne de vaca cachena, quatro produtos oriundos do concelho de Arcos de Valdevez que integram a "Arca do Gosto" do movimento Slow Food. Mas, mais que isso, tem a oportunidade de conhecer os verdadeiros guardiões destas raridades, aqueles que na sua atividade diária conservam o património genético das raças autóctones e as variedades regionais.

Neste ciclo de eventos estão também presentes as ervas aromáticas, medicinais e condimentares, os passeios micológicos ou os rituais do pão, a par de outras atividades igualmente enraizadas na cultura popular como as artes da cura, mezinhas e espanta males.

O projeto está particularmente focado na sustentabilidade económica, social e ambiental do território através da promoção das cadeias curtas de comercialização e do incremento de práticas de comércio justo a nível local de forma a que os produtores que ainda resistem sejam conveniente e justamente remunerados pelo seu trabalho.

Perante um mundo rural fragilizado, com a consequente degradação dos ecossistemas, perda de agrobiodiversidade e regressão demográfica, o Parque Nacional enfrenta o enorme desafio de manter elementos identitários tão importantes como as tradições gastronómicas, as artes e ofícios e a cultura popular.

Este projeto é também um apelo à participação cívica de cada um no desígnio de manter vida no Parque Nacional, seja adquirindo os produtos locais, seja participando em eventos ou outras manifestações que revertam para a sustentabilidade do território.

A Porta do Mezio integra um vasto complexo etnográfico onde se conserva a memória rural e se revivem as tradições mais genuínas daquele que é porventura o pedaço mais autêntico de Portugal. Promove também ações de educação ambiental, serviços aos ecossistemas e ações de sensibilização para a alimentação e estilos de vida saudáveis.

Com o bilhete de entrada no complexo, a participação no ciclo de eventos é inteiramente gratuita, não sendo necessário qualquer marcação.

Desde a exuberância das paisagens ao vasto património material e imaterial, passando pelos sabores, saberes e bom acolhimento, sobejam os motivos para visitar este espaço! Descubra-o!

Top