Passar para o Conteúdo Principal
Facebook Instagram Twitter Youtube Linkedin RSS
Logotipo CM Arcos de Valdevez

1 milhão de euros para criar porta de entrada do Barroco em Arcos de Valdevez

Consignacao centro interpretativo barroco 1 1024 2500
Consignacao centro interpretativo barroco2 1 1024 2500
Consignacao centro interpretativo barroco3 1 1024 2500
Consignacao centro interpretativo barroco5 1 1024 2500
Consignacao centro interpretativo barroco4 1 1024 2500
Consignacao centro interpretativo barroco6 1 1024 2500
Consignacao centro interpretativo barroco7 1 1024 2500
Consignacao centro interpretativo barroco8 1 1024 2500
Consignacao centro interpretativo barroco9 1 1024 2500
Plantas barroco3 1 1024 2500
Plantas barroco8 1 1024 2500
Plantas barroco5 1 1024 2500
28 Junho 2017

 

A Câmara Municipal procedeu recentemente à consignação da obra do Centro Interpretativo do Barroco, a levar a efeito na Igreja do Espírito Santo, em Arcos de Valdevez. Um ato cerimonial que contou com a presença do Sr. Bispo de Viana, D. Anacleto Cordeiro Gonçalves de Oliveira e do Sr. Diretor Regional Da cultura do Norte, Dr. António Ponte.

Nesta cerimónia foi explicado a todos os presentes o objetivo da intervenção, bem como todas as suas características funcionais.

De referir, que o projeto trata-se de uma plataforma de dinâmica turística e de conhecimento do Barroco na região do Alto-Minho, servindo de porta de entrada para o Barroco nos 10 concelhos e permitirá lançar conhecimentos sobre este período da cultura na região, bem como, simultaneamente explorar as características únicas e importantíssimas do templo do Espirito Santo, imóvel de interesse público e um dos mais importantes na região Norte do país;

Este Centro Interpretativo do Barroco incorporará novas tecnologias de realidade aumentada e virtual para interpretar os monumentos da região, o período do Barroco e o próprio monumento; será alvo de reabilitação do seu riquíssimo e referencial espólio artístico, de valor nacional, sendo igualmente potenciado o seu uso cultural, pedagógico e turístico, desenvolvidas temáticas como a Sociedade e o Pensamento na época Barroca Cultura e Arte no Barroco e um momento relativo ao próprio monumento, intitulado Igreja do Espírito Santo: da origem à consagração para além da descoberta dos principais monumentos barrocos da região.

Tanto o Sr. Bispo de Viana, D. Anacleto Cordeiro Gonçalves de Oliveira como o Sr. Diretor Regional Da cultura do Norte, Dr. António Ponte, enalteceram a importância do projeto, o qual releva a parte cultural, nunca esquecendo a religiosa, realçando a interesse que o mesmo terá para a comunidade local e turística, como também ao nível da reabilitação e conservação do património para os vindouros.

A intervenção divide-se em duas grandes rubricas, já adjudicadas, nomeadamente a de ARQUITETURA E ESPECIALIDADES, ESTUDO HISTÓRICO E ARQUEOLÓGICO, CONTEÚDOS E EQUIPAMENTOS TECNOLOGÍCOS E INTERPRETATIVOS E FISCALIZAÇÃO E COORDENAÇÃO DE SEGURANÇA, no valor de 392.000,00 EUROS e as OBRAS DE REABILITAÇÃO, CONSERVAÇÃO E RESTAURO, orçadas em 588.000,00 EUROS.

Este projeto insere-se na operação “NORTE-04-2114-FEDER-000114 - Centro Interpretativo do Barroco - Igreja do Espírito Santo / Arcos de Valdevez”, cofinanciada pelo Fundo Europeu, Programa Operacional NORTE 2020, Eixo Prioritário 4 - Qualidade Ambiental e conta com um Investimento Elegível de 978.467,62 € e Comparticipação Comunitária de 831.697,48 €. Esta candidatura contou o apoio da Direção Regional de Cultura Norte, através da inserção do projeto no modelo de rotas do Barroco, e com a parceria da Fábrica da Igreja de Arcos Valdevez (salvador).

Top