Passar para o Conteúdo Principal
Facebook Instagram Twitter Youtube Linkedin RSS
Logotipo CM Arcos de Valdevez

Alargamento da Área de Reabilitação Urbana (ARU) da sede do concelho de Arcos de Valdevez

Investir rea ondereabilitar 1 640 640 1 1024 2500
05 Maio 2017

Passados dois anos da aprovação da Área de Reabilitação Urbana (ARU) da Sede do Concelho, para agilizar e dinamizar a reabilitação urbana, a Câmara Municipal considerando as dinâmicas, públicas e privadas verificadas, as alterações que aprovou ao Plano de Urbanização e ao Plano de Pormenor de S. Paio, bem como o protocolo assinado com o IRHU, procedeu ao alargamento da ARU original, integrando áreas urbanas periféricas a esta.

Com esta aprovação da 1ª alteração, ficam agora integradas a Zona de Valverde e Pedrosas, Zona de Novelhos, Zona de Faquelo, Zona de Igreja Velha, Zona de Sobreiro, Zona da Lamela, Zona de Santa Bárbara e a Zona da Quinta da Capela.

Está subjacente a esta estratégia a implementação de um conjunto de incentivos dos quais se destacam, a isenção ou redução do IRS, IMI, IMT; a redução em 50% das taxas municipais relativas a processos de reabilitação de edifícios e ainda nas empreitadas de reabilitação urbana a passagem do IVA da taxa normal (23%) para a taxa reduzida (6%).

A Câmara Municipal de Arcos de Valdevez pretende consolidar a estratégia urbana de dinamização urbana, tendo aprovado o PARU - Plano de Ação para a Reabilitação Urbana, o qual visa a concretização dos seguintes objetivos estratégicos: dinamizar a reabilitação do tecido urbano degradado, nomeadamente o edificado; promover a revitalização e atratividade económica; fomentar o turismo, a cultura e o lazer; qualificar o espaço público e reforçar a unidade, a identidade e a imagem urbana; e aumentar a sua atratividade Regional.

No âmbito desta estratégia de dinamização urbana, a Câmara Municipal apresentou o PARU, que prevê um conjunto de investimentos, tendo a Câmara Municipal obtido financiamento para a 1ª fase no valor de 2 milhões de euros.

É numa ótica de cooperação para a reabilitação que a CMAV, através da criação de um quadro fiscal favorável, conjugado com outros tipos de apoio ao investimento, pretende mobilizar os arcuenses a intervir na qualificação, revalorização do espaço público e na reabilitação urbana.

Município de Arcos de Valdevez
Top