Passar para o Conteúdo Principal
Facebook Instagram Twitter Youtube Linkedin RSS
Logotipo CM Arcos de Valdevez

Vilas de Arcos de Valdevez e Ponte da Barca cada vez mais próximas

Vilas de Arcos de Valdevez e Ponte da Barca cada vez mais próximas
image title
image title
image title
image title
23 Setembro 2010

Paulo Campos presidiu cerimónia do acto de consignação da construção da nova Ponte sobre o Rio Lima entre Lavradas - Ponte da Barca ao Nó de Jolda - Arcos de Valdevez

Decorreu ontem, dia 22 de Setembro, na Câmara Municipal de Ponte da Barca, a cerimónia de assinatura do auto de consignação da obra de construção da nova Ponte sobre o Rio Lima, entre Ponte da Barca e Arcos de Valdevez e a visita à obra de construção da Variante à EN 101 em Arcos de Valdevez - actos que contaram com a presença de Paulo Campos, Secretário de Estado Adjunto das Obras Públicas e da Comunicações.

Segundo Francisco Araújo, presidente da Câmara Municipal de Arcos de Valdevez, a construção da nova ponte "é um investimento há muito desejado pelas populações do Vale do Lima, que tem, sem dúvida, uma importância que ultrapassa os dois municípios".

"Esta aposta irá reflectir um incremento ao nível do crescimento das interligações do território", diz o autarca, avançando também que "vai dar ligação ao Parque Empresarial de Padreiro e, ao mesmo tempo, possibilitar aquilo que é a infra-estruturação viária do território".

"Ao estarmos hoje aqui estamos a dar esperança à região, já que vamos contribuir para sediar actividades económicas e abrir possibilidades várias", disse.

A infra-estrutura agora consignada irá criar um novo acesso da rede complementar da margem Sul do Rio Lima à rede de alta capacidade, com ligação directa ao IC28, o que vai fazer com que as localidades fiquem cada vez mais perto umas das outras, ganhando uma maior centralidade.

A construção desta ponte, orçada em 7,4 milhões de euros e cuja conclusão esta prevista para o terceiro trimestre de 2012, deverá envolver cerca de 300 trabalhadores e 50 empresas, contribuindo fortemente para o desenvolvimento social e económico da região.

Ao mesmo tempo, com uma extensão de um quilómetro, irá beneficiar mais de 200 mil habitantes, proporcionando novos percursos com melhores condições de circulação e segurança e contribuindo assim para a redução da taxa de sinistralidade e qualidade de vida dos cidadãos.

Para Vassalo Abreu, presidente da Câmara Municipal de Ponte da Barca, este também foi um dia especial pois foi o dar "por cumprido o velho anseio dos autarcas não só de Ponte da Barca, mas também do Alto Minho" já que esta se trata de "uma obra que interessa a todos ao nível do Turismo, valorização do território e mobilidade."

No fim da cerimónia a comitiva dirigiu-se para as obras da Variante à EN 101 em Arcos de Valdevez. Um troço que irá beneficiar directamente a população do concelho de Arcos de Valdevez, permitindo o tráfego do seu centro urbano e promovendo melhores condições de segurança e qualidade de vida.

A construção desta variante, com uma extensão de 6,5 Km e um custo estimado em 16,6 milhões de euros, envolveu já 731 trabalhadores e 74 empresas e prevê-se a sua conclusão para o primeiro trimestre de 2011.

De acordo com Francisco Araújo, através da execução deste investimento será possível "consolidar todo o espaço e malha urbana ao nível do seu crescimento" e, denotando a extrema importância desta obra, afirmou ainda que "Arcos de Valdevez será diferente com a concretização da mesma", já que o trânsito será retirado do centro da Vila e as distâncias serão ainda mais encurtadas.

Município de Arcos de Valdevez
Top