Passar para o Conteúdo Principal
Facebook Instagram Twitter Youtube Linkedin RSS
Logotipo CM Arcos de Valdevez

1.ª EDIÇÃO DO CONCELHO DE ESTADO HOMENAGEIA MÁRIO SOARES – individualidade foi recebida por Francisco Araújo

P6012646 1 1024 2500
P6012652 1 1024 2500
P6012656 1 1024 2500
Visita mario soares5 1 1024 2500
01 Junho 2010

A Câmara Municipal de Arcos de Valdevez e a Editorial Novembro promovem, nos dias 25, 26 e 27 de Junho, na vila minhota, a 1.ª edição de Arcos de Valdevez - Concelho de Estado, onde irá ser homenageado um dos pais fundadores da moderna democracia portuguesa: Mário Soares.

No âmbito desta iniciativa, o estadista foi recebido hoje, dia 1 de Junho, por Francisco Araújo, presidente da Câmara Municipal, para que lhe fossem mostrados os locais onde decorrerão a maioria das actividades em sua honra, entre os quais estão a Casa das Artes Concelhia e a Praça Municipal.

Após uma breve passagem por todas as instalações, Mário Soares deixou a localidade bastante satisfeito e esperançoso de que esta homenagem irá correr da melhor forma, pois a localidade tem todas as condições para receber um evento desta grandeza.

A vida política de Mário Soares será, no âmbito de um ciclo de conferências a realizar na Casa das Artes de Arcos de Valdevez, analisada e debatida por antigos estadistas e personalidades de grande craveira intelectual, como Mikhail Gorbatchev (através de vídeo-conferência), Federico Mayor Zaragoza, Jean Daniel, Frank Carlucci (mensagem escrita), Diogo Freitas do Amaral, Fernando Nobre, Miguel Veiga, António Almeida Santos, Adriano Moreira, Ignacio Ramonet, Manuel António Sobrinho Simões, Artur Santos Silva, Viriato Seromenho Marques, Teresa de Sousa e Carvalho da Silva, o Primeiro Ministro José Sócrates, entre muitas outras individualidades.

Este ciclo de conferências é apenas uma das iniciativas do Concelho de Estado. O evento integra ainda exposições, arte de rua, teatro, edição de um livro, entre outras iniciativas onde a interacção com a população de Arcos de Valdevez será constante. Importa também salientar que o programa desta 1.ª edição enquadra-se nas comemorações do centenário da implantação da República, que estão a ter lugar ao longo de 2010. Neste contexto, o Concelho de Estado prevê a inauguração, no dia 25 de Junho, pelo presidente da Comissão Nacional para as Comemorações do Centenário da República, Artur Santos Silva, da exposição "Quem fez a República", constituída por 15 painéis cedidos pela Fundação Mário Soares. Refira-se, a propósito, que Mário Soares se distinguiu politicamente pela defesa dos valores republicanos, antes e depois do 25 de Abril, assim se justificando esta associação à celebração dos 100 anos da República.

Patrocinado pela Fundação Galp Energia e pelo grupo Agros/Lactogal e contando entre os seus media partners, com a RTP, a antena 1, o Nouvel Observateur e o Le Monde Diplomatique, o 1.º Concelho de Estado terá quatro grandes momentos: o ciclo de conferências, a edição de um livro reunindo as intervenções das personalidades convidadas, iniciativas de arte de rua e uma exposição antológica. Relativamente ao ciclo de conferências, deve dizer-se que será estruturado em quatro sessões temáticas: "República"; "União Europeia"; "Descolonização e Geopolítica"; "Um futuro para Portugal". Nestas sessões, os oradores já referidos vão proceder à análise consolidada da vida política do homenageado, partilhando em simultâneo alguma da mundividência geoestratégica e geopolítica que os notabilizou publicamente. As intervenções dos oradores serão posteriormente compiladas em livro, com a chancela da Editorial Novembro e tendo em vista a comercialização da obra nos mercados nacional e brasileiro.

Arte de rua e exposições

Uma boa parte das iniciativas deste Concelho de Estado materializam-se em arte de rua, sendo a trajectória de Mário Soares retratada nas principais artérias de Arcos de Valdevez e a população local convidada a participar activamente. No perímetro urbano da vila, e sobretudo no seu centro histórico e na marginal fluvial, vão ter lugar, entre outras, as seguintes iniciativas: exposição de cartazes com fotos do homenageado; uma ampla fotobiografia de Mário Soares; um "Xadrez Político" em ponto grande representando as pessoas ou instituições chave no percurso do estadista; representações teatrais relativas a episódios da vida do histórico socialista; colocação de mantas (em alusão às romarias minhotas) com frases de discursos ou ilustrações variadas; uma marcha pública de tributo; a instalação de um logótipo gigante do Concelho de Estado; e uma simbólica largada de barcos de papel ("Na Rota dos Sonhos") contendo mensagens dos participantes do colóquio, da organização do evento e de elementos da autarquia.

Outro ponto alto do evento é a exposição "Mário Soares, um princípio sem fim", que retrata a vida pessoal e política do homenageado (25 de Junho a 25 de Julho, na Casa das Artes de Arcos de Valdevez). Organizada segundo pressupostos cronológicos, a exposição irá ser repartida, tematicamente, por vários espaços: uma sala será utilizada para expor as condecorações; outra para expor os trajes académicos e outros; a entrada do auditório vai contar com dois pelintos expondo o Busto da República e o Pelourinho de Arcos de Valdevez, sendo igualmente exibidas seis caricaturas de Mário Soares; numa outra sala vão estar em exposição alguns objectos de carácter popular oferecidos e dedicados ao homenageado.

A tudo isto há ainda que acrescentar a criação de um díptico de homenagem ao estadista, da autoria do artista plástico Mário Vitória, e a "Tribuna dos Pequeninos", onde os mais novos vão poder conversar informalmente com Mário Soares. Assinale-se ainda a realização da iniciativa "Episódio na Assembleia", que consiste na representação, também na Casa das Artes, do momento em que Mário Soares é eleito novo Presidente na Assembleia da República.

Município de Arcos de Valdevez
Top