Passar para o Conteúdo Principal
Facebook Instagram Twitter Google Youtube Linkedin RSS
Logotipo CM Arcos de Valdevez

Fumeiro

imagem

O porco foi desde há muito um elemento fundamental da economia doméstica e principal fonte de proteínas animais. O fumeiro e a salga eram dois processos essenciais de conservação das carnes. Tradicionalmente o Porco era morto por altura do S. Martinho, época fria, condição importante para a boa qualidade do fumeiro. Depois da matança, as carnes e o sangue eram e são, ainda, preparados, separadamente, para a confecção dos vários tipos de enchidos. A especificidade dos enchidos feitos no concelho prende-se, antes de mais, com a utilização do vinho verde para preparar a marinada ou sorça, em que se mergulham as carnes, mas também pelo sabor característico da própria carne do porco quanto este é alimentado com produtos locais, como a batata, o centeio, as couves, etc.
O Fumeiro que se faz no concelho é diversificado: presunto, chouriça de sangue, chouriça e chouriço de carne, salpicão de carne ou de laranja, ceboleiro, chouriça de cabaça, chouriça de arroz e chouriça de massa. Na generalidade, este fumeiro é preparado de forma semelhante em toda a região; todavia, há que destacar o Salpicão de Laranja, que pode ser consumido cru ou assado em aguardente, as Chouriças de Cabaça, uma especialidade da Gavieira, e as Chouriças Caseiras de Sistelo, também específicas deste Freguesia do Concelho. Também as Chouriças de Sangue da Rojoada têm a particularidade de ser preparadas com uma farinha que é uma mistura de milho com centeio.

Produtores

Sabores do Vez
Tradições Vale do Vez
Top